Sábado, 24 de Abril de 2004
Vitória justíssima em Barcelos nos últimos minutos da partida
O Boavista arrecadou ontem 3 importíssimos pontos na deslocação ao sempre complicado terreno do Gil Vicente. Num jogo marcado pela grave lesão de Fary, que se lesionou após ter apontado o único e decisivo golo da partida (fracturou o perónio e a tíbia da perna direita na sequência de um choque involuntário com o guarda-redes gilista, Paulo Jorge). O avançado senegalês, infelizmente, depois de ter marcado dois tentos fulcrais nos dois últimos encontros (também foi o autor do golo da vitória frente ao Sporting), mostrando que, afinal, a sua contratação foi acertada e que, amiúde, as suas capacidades foram mal aproveitadas nesta época, não pode jogar mais nesta temporada. Quanto à partida em si, na primeira parte, principalmente durante a primeira meia-hora de jogo, o Boavista fez uma exibição um pouco abaixo daquilo que seria exigível. Contudo, a partir desse momento, até ao final da primeira metade do encontro, os "axadrezados" começaram a ganhar confiança. Na segunda parte, tudo foi diferente; Jaime Pacheco lançou Ali para o lugar de Vítor Borges e o BFC conseguiu obter o domínio da partida, criando algumas oportunidades de golo e apresentando bastantes razões de queixa da arbitragem (aos 58mim foi mal anulado um tento a Frechaut e ficou por assinalar uma claríssima grande penalidade sobre Ricardo Sousa aos 74min). Como o Gil Vicente parecia practicamente inofensivo, o treinador boavisteiro decidiu arriscar, retirando Éder e colocando Fary. Nesse quarto-de-hora final da partida, a equipa barcelense, face à pressão cada vez mais intensa por parte dos "axadrezados", retraiu-se e procurou, quase única e exclusivamente, defender o empate a zero. Por isso, foi mais que justo o golo que Fary, aos 97 minutos, marcou, respondendo a um passe de Ricardo Sousa, que protagonizou mais uma grande exibição, à semelhança de Frechaut (moralizado pela chamada à selecção), Cafú (mais uma vez extremamente lutador), Ricardo Silva (o líder da defesa boavisteira) e Martelinho (seguro a defender, também deu uma relevante contribuição noa ataque). Com este segundo triunfo consecutivo, o Boavista fica, não obstante ter mais um jogo disputado, a apenas um ponto do 6.º lugar (que permite o acesso à próxima edição da Taça UEFA), ocupado actualmente por Marítimo e Rio Ave, que jogam, respectivamente, neste domingo, fora de casa, com o Moreirense e o Belenenses.


publicado por pjmcs às 12:58
link do post | comentar | favorito

Próximos Jogos

Sp. CovilhãxBoavista

(25/01; 16:00) - 15.ª Jornada

artigos recentes

Boavista FC 2 - 0 Estoril

Santa Clara 3 - Boavista ...

Boavista FC 2 - 0 U. Leir...

SC Freamunde 2 - 0 Boavis...

Boavista FC 1 – 2 SC Beir...

BOAVISTA FC 0 - 2 GUIMARÃ...

Feirense 2 - 0 Boavista F...

Boavista FC 1 - 0 Oliveir...

BOAVISTA FC 1 - 0 LOUSADA

Boavista FC 1 - 1 D. Aves

Imagens Recebidas
Galeria de Imagens
arquivos

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

ligações
pesquisar