Domingo, 26 de Setembro de 2004
Marítimo 2 - Boavista 1

Marítimo - Marcos; Ferreira, Tonel, Mitchell van der Gaag e Briguel; Chainho e Wênio; Manduca (Joel Santos, aos 88min), Léo Lima (Luís Filipe, aos 82min) e Alan; Pena (Bibishkov, aos 59min)


Treinador: Mariano Barreto


Boavista - William (Carlos, aos 61min); Frechaut, Cadú, Éder (Martelinho, aos 61min) e Carlos Fernandes; Hélder Rosário, Lucas, Milhazes (Toñito, aos 31min); João Pinto, Guga e Zé Manel 


Treinador: Jaime Pacheco


O Boavista sofreu ontem a sua primeira derrota na Superliga, aos perder por 2-1 no Estádio dos Barreiros, com o Marítimo. O BFC não entrou bem no jogo, perdendo o domínio no meio-campo. Os "verde-rubros" apostavam sobretudo nas diagonais dos dois extremos, Alan e Manduca, para criar perigo. Na frente de ataque boavisteira, João Pinto teve de deslocar-se para a direita para equilibrar a equipa. Contudo, o Marítimo não conseguia criar grandes ocasiões de golo, muito por culpa de Hélder Rosário (a jogar como "trinco"), que anulou o criativo Léo Lima. No entanto, Frechaut raramente avançava pelo seu corredor, face às dificuldades causadas por Alan, tendo Lucas de ajudar a fechar na direita. Deste modo, o meio-campo ficava debilitado, até porque Milhazes não conseguia fazer a transposição defesa-ataque. O Marítimo acabou por chegar ao golo, aos 26min: Ferreira, desmarcado na direita, rematou para defesa incompleta de William e Tonel, no limite da grande área, disparou para a fundo da baliza. Curiosamente, a exibição boavisteira melhorou com a desvantagem no marcador. Quatro minutos depois do tento insular, Hélder Rosário, na sequência de um livre apontado por Carlos Fernandes, escapou à marcação de Tonel e cabeceou à barra da baliza maritimista. Praticamente logo de seguida, João Pinto, fora da grande área, desferiu um forte remate, que Marcos defendeu com dificuldade, porém, Guga não chegou a tempo de efectuar a recarga. Jaime Pacheco fazia então a primeira alteração, substituindo Milhazes por Toñito. Com esta alteração, Pacheco pretendia que o jogador espanhol fosse o elo de ligação entre o meio-campo e o ataque. O intervalo chegou sem mais nenhum lance de destaque. Na segunda parte, o Boavista entrou a dominar o jogo e, aos 55min, João Pinto, novamente, rematou para defesa complicada de Marcos. Aos 61min, infelicidade para o Boavista: William, após ter saído da grande área para fazer o desarme a Manduca, lesionou-se e teve de ser rendido por Carlos, que assim fez a sua estreia na Superliga. Pacheco também trocou Éder por Martelinho e a verdade é que esta substituição acabou por ser importante para a actuação "axadrezada". Hélder Rosário recuava no terreno para fazer dupla com Cadú no eixo da defesa, Lucas passou para lateral-direito e Frechaut juntou-se a Toñito no meio-campo. Martelinho passou a abrir o jogo do Boavista na direita e João Pinto deslocou-se para o meio-campo, atrás do ponta-de-lança Guga, posição onde, sem dúvida, rende mais. O Marítimo começou a sentir grandes dificuldades, respondendo apenas em contra-ataque, e, aos 65min, Zé Manel, na execução de um livre, fez a bola embater, pela segunda vez, na barra da baliza de Marcos. O Boavista ganhava mais dinâmica no ataque e dava a clara percepção de que o empate estava próximo. No entanto, o árbitro da partida, sr. Paulo Baptista assinalou uma grande penalidade, penalizando uma alegada falta de Lucas sobre Alan, que converteu com sucesso o castigo máximo. Esta decisão errada do juiz da partida practicamente resolvia o encontro, numa altura em que o BFC era claramente superior ao Marítimo. O Boavista ainda tentou pressionar, procurando o primeiro golo para depois tentar chegar ao empate. Todavia, o tento acabou por surgir apenas nos tempo de compensação, através de um golpe de cabeça de Cadú, a responder a um cruzamento tirado por Carlos Fernandes. Era demasiado tarde para evitar a vitória madeirense. O resultado, atendendo à última meia-hora do Boavista e aos minutos que se seguiram ao golo inaugural, acaba por ser injusto, numa partida em que o árbitro teve grande influência, ao assinalar um "penalty" inexistente.


William - teve a infelicidade de se lesionar numa partida em que estava a exibir-se em bom nível. No primeiro quarto-de-hora, efectuou uma excelente defesa a remate de Manduca. Esteve seguro nas saídas, aquando dos cantos maritimistas.


Frechaut - a sua actuação durante uma hora como lateral-direito foi praticamente desastrosa, sentido grandes dificuldades para travar o rápido Alan. Além disso, quase nunca subiu pelo seu corredor. Melhorou quando passou para o meio-campo, jogando com mais serenidade, ajudando a distribuir jogo.


Cadú - excelente exibição coroada com um golo. Desta vez, foi o elemento "livre" da defesa e a verdade é que conseguiu quer no jogo aéreo, quer junto ao relvado, ganhar praticamente todos os lances em que interveio. Na primeira parte, efectuou alguns passes longos para o ataque (para Zé Manel e João Pinto) que acabaram por ter o destino pretendido.


Éder - não deu grandes espaços a Pena, acabando por ter um final de tarde tranquilo. Foi substituído apenas devido à necessidades estratégicas.


Carlos Fernandes - teve alguns problemas com Manduca, que, no entanto, não lhe prejudicaram a exibição. Na primeira parte, tentou empurrar a equipa para a frente, avançando pelo seu corredor. Foi do seu pé esquerdo que saíram os cruzamentos para Hélder Rosário e Cadú, com o primeiro a cabecear à barra e o segundo a conseguir marcar.


Hélder Rosário - foi a aposta de Jaime Pacheco para jogar como elemento mais recuado do meio-campo, fazendo a marcação a Léo Lima. Hélder Rosário esteve bem sucedido, conseguindo anular o criativo jogador brasileiro. Procurou aparecer na área contrária nos lances de bola parada e, num desses lances, cabeceou à barra. Terminou a partida na sua verdadeira posição, a de defesa-central.


 Lucas - mais um encontro no qual o ex-academista correu muito. A jogar no meio-campo tentou, na primeira hora de jogo, auxiliar o desacompanhado João Pinto na direita, ajudando, também, Frechaut, que sentia muitas difculdades face à rapidez de Alan. Jogou os últimos 30min a defesa-direito, sendo um lateral muito ofensivo no apoio a Martelinho. Foi vítima do erro do árbitro, que entendeu que Lucas cometeu grande penalidade sobre Alan.


Milhazes - não se estreou da melhor maneira com a camisola axadrezada na Superliga. Recorreu demasiadas vezes à falta e não conseguiu cumprir a missão de lançar os ataques "axadrezados".


João Pinto - esteve demasiado desapoiado no primeiro tempo, fruto da incapacidade de Frechaut para subir pelo seu flanco. A jogar como extremo-direito, perde qualidade. No entanto, efectuou dois remates que obrigaram a intervenções complicadas por parte de Marcos.


Zé Manel - o esquema táctico inicial da equipa prejudicou a sua actuação, uma vez que não podia jogar "encostado" à linha lateral. Contudo, esteve pertíssimo do golo ao rematar à barra na marcação de um livre.


Guga - foi o elemento mais pressionante da frente de ataque, ganhando também algumas bolas de cabeça. No entanto, não é a referência de que o Boavista necessita na grande área adversária.


Toñito - entrou para organizar o jogo "axadrezado". Todavia, só por algumas vezes é que se "mostrou". Jogou numa posição demasiado recuada.


Carlos - na sua estreia na Superliga, revelou segurança, sendo batido apenas de grande penalidade. Destaque para uma brilhante defesa a remate de Bibishkov, aos 81min.


Martelinho - Pacheco lançou-o em campo na tentativa de abrir o jogo na direita e a verdade é que, após a sua entrada, a equipa melhorou e podia ter chegado ao empate. Ainda criou algumas dificuldades a Briguel.



publicado por pjmcs às 15:47
link do post | comentar | favorito

Próximos Jogos

Sp. CovilhãxBoavista

(25/01; 16:00) - 15.ª Jornada

artigos recentes

Boavista FC 2 - 0 Estoril

Santa Clara 3 - Boavista ...

Boavista FC 2 - 0 U. Leir...

SC Freamunde 2 - 0 Boavis...

Boavista FC 1 – 2 SC Beir...

BOAVISTA FC 0 - 2 GUIMARÃ...

Feirense 2 - 0 Boavista F...

Boavista FC 1 - 0 Oliveir...

BOAVISTA FC 1 - 0 LOUSADA

Boavista FC 1 - 1 D. Aves

Imagens Recebidas
Galeria de Imagens
arquivos

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

ligações
pesquisar