Sexta-feira, 18 de Março de 2005
Mais um importante teste. . . antes de Sporting e FC Porto

Após uma preciosa vitória, com uma exibição consistente e plena de garra e ambição, o Boavista vai, amanhã, jogar uma importante cartada em Penafiel, na tentativa de se manter nos lugares cimeiros da Superliga, no encontro que antecede os dois clássicos consecutivos no Bessa (Sporting e FC Porto). Frente a um adversário moralizado pelo sensacional triunfo em Alvalade, depois das boas indicações dadas contra o FC Porto, Jaime Pacheco não deverá fazer grandes alterações no "onze". Já está praticamente confirmado que William será titular. No eixo defensivo, o quarteto do último encontro voltará a alinhar de início, assim como os "indiscutíveis" Tiago e Lucas, pedras basilares do meio-campo "axadrezado". No ataque, Guga e Hugo Almeida manter-se-ão e Diogo Valente, face ao castigo de Zé Manel (viu o 5.º amarelo na partida com o Belenenses), recuperará o seu lugar no flanco esquerdo. Aliás, a propósito deste último, é preciso que este, como muitas vezes faz, recue no terreno para auxiliar Milhazes a travar o extremo Edgar Marcelino, um dos mais perigosos jogadores do Penafiel. A grande dúvida no Boavista parece assentar no posto (ou que poderá não o ser) de criativo. Toñito jogou os primeiros 62 minutos na 2.ª feira, mas não se pôde treinar na plenitude das suas aptidões físicas durante a semana, estando, por isso, sujeito a perder a titularidade. Assim, numa lógica de manutenção do modelo de jogo, João Pinto surge como principal candidato. No entanto, devido às exibições algo decepcionantes do "artista", é possível que Pacheco aposte em mais um "reforço" para o meio-campo, fazendo a marcação individual a Wesley, o regressado criativo do Penafiel, que seria João Pedro, concedendo a Lucas a responsabilidade adicional de organizar jogo (mas também pode jogar André Barreto, sendo este, nessa circunstância, o distribuidor de jogo). Também poderá fazer alinhar duas referências no ataque (Cafú seria o escolhido para se juntar a Hugo Almeida, se bem que esta solução seja muito menos crível que Pacheco utilize essa via. Quanto ao Penafiel, equipa extremamente aguerrida, e segundo as declarações do seu treinador, Luís Castro, a formação duriense deverá apostar numa estratégia de contra-ataque aproveitando eventuais espaços concedidos pela defesa boavisteira. O sistema de três centrais é uma forte hipótese. Portanto, além da garra e ambição habituais, o Boavista deverá ter muita atenção no último terço do terreno, sob pena de ser surpreendido, como sucedeu frente ao Estoril, na derradeira deslocação. FORÇA BOAVISTA!!!



publicado por pjmcs às 19:55
link do post | comentar | favorito

Próximos Jogos

Sp. CovilhãxBoavista

(25/01; 16:00) - 15.ª Jornada

artigos recentes

Boavista FC 2 - 0 Estoril

Santa Clara 3 - Boavista ...

Boavista FC 2 - 0 U. Leir...

SC Freamunde 2 - 0 Boavis...

Boavista FC 1 – 2 SC Beir...

BOAVISTA FC 0 - 2 GUIMARÃ...

Feirense 2 - 0 Boavista F...

Boavista FC 1 - 0 Oliveir...

BOAVISTA FC 1 - 0 LOUSADA

Boavista FC 1 - 1 D. Aves

Imagens Recebidas
Galeria de Imagens
arquivos

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

ligações
pesquisar